Cadê o amor?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Esses dias
parei para pensar em quantas vezes deixei o meu coração partido. Quantas vezes
esqueci de cuidar dele, de dizer-lhe palavras doces e enchê-lo de esperança.
Nesse
momento comecei a perceber algumas coisas. Primeiro o meu coração não batia com
a mesma intensidade. Parecia que meu cérebro havia ficado meio burro. Meus
olhos sempre estavam perdendo alguns momentos importantes.
Cansei!
Cansei de precisar de pessoas. Cansei de olhar para os lados e ver um vazio ao
meu redor. As pessoas seriam mais felizes se valorizassem quem está ao seu
lado. Seria mais bonito se os corações estivessem revestidos e cheios de amor.
Não quero
que o amor saia por aí voando. Gosto de poder sentir. Poder apreciar os
momentos mais simples e marcantes e sentir algo lá dentro do coração.  
A melhor maneira de começar a sentir isso é se amando, é reconstruindo o amor próprio e sentindo que somos a pessoa mais importante para nós. É nos colocando em primeiro lugar na nossa vida e mostrando para nós mesmos que precisamos ser completos e nos amar para sermos felizes e sentir o amor.
Até a
próxima.

Beijos!

18 Comentários


    1. Com certeza.
      Se formos completos e suficientes para nós mesmos, faremos o outro feliz.

      Beijos lindona.

      Responder

    1. Olá lindona.
      Concordo. Acho muito importante todos terem plena convicção de que precisam se amar antes de tudo, assim seremos felizes.

      Beijos ^_^

      Responder

    1. Com certeza lindona.
      Com o tempo vamos amadurecendo e percebendo que antes de precisar do outro precisamos nos amar. Só assim seremos realmente felizes sem depender de outra pessoa.

      Beijos.

      Responder

    1. Olá minha linda.
      Amor próprio é tudo. Muitas vezes é o que falta para sermos felizes e decidirmos a nossa vida.
      Ótimo final de semana lindona.
      Beijos!!

      Responder

    1. Olá lindona.
      Temos que valorizar sim com quem está conosco em todos os momentos.
      Fico feliz que tenha gostado do texto.
      Beijos.

      Responder

  1. Oi Vanessa, sua linda, tudo bem?
    Peço desculpas pela demora em vir aqui. Achei seu blog muito fofo, adorei!! E que texto bonito. Sabe, a vida passa muito rápido, e nós temos o péssimo hábito de deixar para amanhã, mesmo com essa consciência. E quando vemos não demos valor ao que realmente importa, a quem realmente importa. O que é uma pena, temos que os valorizar enquanto podemos.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Olá lindona.
      Amei sua visita ^_^
      Fiquei muito feliz que tenha gostado do blog. E, mesmo sabemos que podemos perder a qualquer momento muitas vezes não damos aquele abraço, aquela gargalhada gostosa junto com quem mais amamos. Sabemos que o tempo não volta e que cada minuto é único e não podemos desperdiçar.
      Beijos!!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *