Dica de leitura: Relato de um amor

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 
Livro:
Relato de um amor
Autor:
Gabriel F. Padilha
Editora:
Nova fronteira
Páginas:
160
Ano:
2007
Sinopse
A
“Tragédia da Lagoa” foi um desastre de automóvel ocorrido no dia 03
de setembro de 2006 no Rio de Janeiro. Nele morreram cinco jovens amigos que
voltavam de uma festa. Ana Clara, de 17 anos, estava entre eles. Gabriel F.
Padilla, pai de Ana Clara, escreveu esse livro em homenagem à vida de sua
filha, interrompida tão precocemente. Relato de um amor não poderia deixar de
ser sentimental, embora com elegância e sobriedade. Gabriel revive, em cima dos
fatos, a dor e o amor que vão acompanhá-lo para sempre. 
Olá amores! Espero que estejam bem.
Hoje venho trazer a minha opinião sobre esse livro: Relato
de um amor
.
O livro Relato de um amor foi escrito por Gabriel Padilha,
pai de Ana clara uma das vítimas do acidente na Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio
de janeiro.
Há alguns anos atrás (o livro foi escrito em 2007) ele
recebeu uma ligação da amiga de sua filha onde ela dizia que Ana Clara havia
sofrido um acidente. Um oficial do corpo de bombeiros confirmou o ocorrido e
foi aí que o Gabriel, pai da jovem de apenas 17 anos foi atrás de sua filha.
O pai de Ana Clara tinha mais filhos, o filho mais velho
e as gêmeas, 2 meninas mais novas que Ana clara.
Quando o pai chegou e encontrou sua filha no chão, viu que a jovem havia falecido. Ela sofreu traumatismo craniano. E os outros jovens também morreram, apenas uma jovem – a Joana que ainda foi para o hospital mas, não resistiu.
Lembrando que é uma história real que aconteceu no Rio de
Janeiro, e o pai de Ana Clara escreveu o livro como desabafo. Em uma
entrevista ele disse que o “o livro foi sua salvação”, era como se enquanto ele
tivesse escrevendo a Ana clara estivesse com ele.  E foi dessa forma que o mesmo foi entendendo e aceitando que sua filha não estava mais alí.
Eu acho que todos, sem exceção deveria ler esse livro.
Além da história trágica contada pelo pai da jovem, ele nos trás um pouquinho
da vida da filha, da vida de sua família nesse livro. Ele mostra também sobre a
imprudência no trânsito e como determinados fatos afetam outras vidas.
Viver é navegar e desfrutar desse presente que é a vida. Navegar é seguir em frente, em busca de um futuro que nos realize e nos faça felizes. Por tudo isso, logo teremos de içar as velas de nosso barco e retomar nosso caminho. Sempre em frente, pois a vida continua. Embarcaremos agora, cinco de nós, com saudades eternas. Mas sempre estaremos na companhia de quem nos deixou e que agora mora em nossos corações e está viva em nossas lembranças.”
É um livro maravilhoso, peguei emprestado com meu primo e li em um dia.
Eu terminei de ler esse livro
soluçando de tanto que chorei. Eu não consigo descrevê-lo em uma palavra, são muitos sentimentos, emoções em algumas páginas, onde o pai da jovem conseguiu mostrar toda uma vida, o sofrimento, alegrias e superação de uma família.
Vocês já conheciam a história e o livro?
Alguém já leu?
Beijos e até a próxima!

39 Comentários


    1. Olá minha linda, fico muito feliz em saber que gostou. A história apesar de triste é linda poder saber como a família se viu depois de tudo isso.
      Beijos.

      Responder

    1. xará minha linda, fico feliz que tenha gostado e queira ler. A história é tocante sim, bem delicada e muito bem escrita pelo pai da jovem. Você vai gostar.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá Isa, fico feliz que tenha gostado da dica. Tenho certeza que vai gostar muito da história.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá minha linda, fico muito feliz que tenha se interessado pelo livro. A história mexe conosco por ser real. Mas, o pai da jovem a escreveu com muito carinho e foi a forma que o ajudou nessa caminhada. Vale super a pena ler.
      Beijos.

      Responder

  1. Que lindooo, deve ser muito legal esse livro! Preparar o lencinho rs

    derepentemodaa.blogspot.com
    Insta: @brenda.alencarf

    Responder

  2. oláá! tudo bem?
    eu me lembro desse acidente.. foi tão triste.. assim como os outros que, infelizmente, sempre acontecem né 🙁
    mas não sabia que ele tinha escrito um livro, nossa, deve ser muito emocionante! mas não sei se conseguiria ler, porque fico só imaginando a tristeza!
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    Responder

    1. Olá Tamara, foi muito triste esse acidente e a cada dia que passa vemos outros bem parecidos por muitas vezes por imprudência.
      Espero que um dia consiga ler se você se sentir preparada para isso.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá lindona, a história é realmente triste. O pai achou a melhor forma de desabafar escrevendo. e com isso houve esse livro.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá Raquel, é verdade a dor sempre vai existir. perder parte de nós é algo que não deve sarar nunca, aprendemos sim a conviver com a ausência.
      Beijos.

      Responder

  3. Apesar de todo lance emocional do livro, não é meu tipo de leitura por ser (sim) uma pessoa bastante insensível :c mesmo que fique comovida e tudo, mas é só. Mas deve ser muito interessante acompanhar toda trajetória e pensamentos do pai ao contar.

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://www.carolespilotro.com

    Responder

    1. Olá Carol, gostei da sinceridade. É muito bom saber como tudo aconteceu pela perspectiva do pai e como ele e a família fizeram para seguir a vida.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá Roberta, fiquei feliz que tenha gostado desse, mesmo não sendo o seu estilo de leitura.
      Beijos lindona.

      Responder

    1. Olá Carol, que bom que gostou. É uma história triste, uma realidade para muitas famílias hoje em dia. A dor de um pai, uma mãe.. uma família perder um membro e como eles fizeram para seguir em frente.
      espero que goste do livro.
      Beijos.

      Responder

    1. Olá Cláudia, fico muito feliz em saber que gostou, o livro é realmente muito bom. Nesse caso saber de tudo narrado pelo próprio pai da jovem é bem delicado e emocionante.
      Beijos.

      Responder
  4. Sara Kerolen

    Oiii tudo bem ?
    Ainda n conhecia , ele parece bem emocionante irei ler.obrigado pela dica♥

    Responder
    1. Vanessa Ferreira

      Olá lindona, é emocionante e verdadeira. Vale super a pena a leitura e tenho certeza que vai amar.
      Beijocas.

      Responder
  5. Camila Mondaini

    Olá!
    Achei a história emocionante e cativante! Imagino como ele tenha sofrido com a perda da filha e por mais que ele tivesse outros filhos, não adianta, sempre vai doer, porque pais são assim, amam seus filhos sem favoritismo e foi bacana ele buscar refúgio na literatura. Quero ler a obra!

    beijinhos!

    Responder
    1. Vanessa Ferreira

      Olá!! É maravilhosa a obra. Concordo que cada filho é único e cada perda é diferente e não tem como nada tapar esse buraco que fica, mas ele mostrou que com o tempo vem a superação. A dor e o vazio sempre irão existir mas, a vida precisa continuar apesar de tudo.
      Beijocas.

      Responder

  6. Ei Vanessa,
    O livro me parece ser muito lindo e triste ao mesmo tempo. Infelizmente no momento não estou na Vibe de lê-lo porque acho que choraria litros como você e ficaria bem mal por alguns dias.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    Responder
    1. Vanessa Ferreira

      Olá minha linda, então leia depois porque vale super a pena. Chorei litros e amei cada pedacinho.
      Beijocas lindona.

      Responder
    1. Vanessa Ferreira

      Olá lindona, é verdade. O livro é maravilhoso e com certeza precisamos de uns lencinhos rs
      Espero que consiga ler em breve.
      Beijocas.

      Responder

  7. Olá,
    Eu não conhecia o livro e nem me recordava de tal acidente.
    Com certeza todos os familiares envolvidos sofreram muito e é encorajador que o pai de Ana tenha conseguido ajuda ao escrever o livro.
    Fiquei bem intrigada para fazer a leitura e pretendo fazê-la no futuro.

    LEITURA DESCONTROLADA

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *